Senta que lá vem resenha: Livro Uma Vez Você, Uma Vez Eu

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

Livro: Uma vez você, uma vez eu.
Autor: Diego  Martello
Páginas: 184
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
Tema: Ficção


Sinopse: Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles.

Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.










"Havia brincadeiras por parte dos ponteiros quando eles adotavam uma personalidade mais travessa. Eles tinham o poder de prolongar distâncias quando a vontade de chegar era grande, mas as encurtavam quando eu ainda não estava preparado para chegar."



Olá pessoas, tudo bem com vocês? Hoje vou falar de um livro que li na semana passada. Ele se chama Uma Vez Você, Uma Vez Eu.

O livro conta a história de Willian que é casado com Eva mas ela não pode lhe dar filhos e além disso tem um relacionamento muito delicado com seu pai, Marcos.

A situação muda quando Eva avisa pra Willian que Marcos sofreu um acidente de moto e quebrou uma perna. Então Willian convencido pela esposa vai visitar o pai e como sempre eles acabam em discussão até que Marcos pede um favor ao filho para levar um envelope para o armazém dá propriedade pois Marcos pretende fazer uma atividade com a empresa D&D que fora criado por ambos mas que devido a desavenças com o pai e o mau funcionamento da empresa, ele pediu o desligamento da mesma.



"Em outras palavras, tudo o que eu conquistava não me trazia prazer, e eu não entendia o objetivo de minhas conquistas."



O que me chamou muita atenção foram os momentos de reflexão de Willian. É um personagem tão comum que poderia ser qualquer um de nós e essa proximidade com o leitor é de impressionar. 





No decorrer do livro somos convidados a fazer uma viagem ao nosso íntimo e o autor nos faz alguns questionamentos. Estamos no caminho que queríamos traça há cinco anos atrás? Como é nosso relacionamento com nossa família?

O livro é muito bem detalhado, ao longo da caminhada até o local em que Marcos pede pra Willian deixar o envelope, ele imagina como seria sua vida atualmente se seu relacionamento com o pai fosse melhor e se a mãe fosse viva, pois esta sempre foi uma referência para o caráter e a dignidade de Willian.




"Há muita dificuldade em seguir um pensamento, pois pequenas ideias, que compõe uma ideia maior, esbarram em dúvidas antes mesmo de se tornarem reais. A dúvida cola aos poucos em nossos pensamentos e vai aumentando, tomando-os, até sermos dominados pelo sentimento de descontinuidade e impotência. A materialização de uma ideia, por mais simples que seja, é a melhor maneira de nos desamarrar, de nos desatar das dúvidas."




O que mais gostei no livro foi que ele me possibilitou pensar em situações pessoais que eu não pensava fazia muito tempo e gostei de acompanhar também o desenvolvimento dos personagens.

O que mais me comoveu foi o momento da reconciliação de Willian com o pai. Derramei algumas lágrimas também em algumas cenas do livro que não cabem ser mencionadas agora pra não dar spoiler. 

A história possui riqueza de detalhes e o autor a conduziu com maestria todos os acontecimentos, de maneira que nada foi apressado ou postergado. 



"Lembranças, para mim, são como degraus construídos durante a vida e que até hoje me sustentam."



O projeto gráfico também é belíssimo, eu adorei a capa e o marcador de orelha, além do tradicional marcador de livros.

Portanto eu recomendo essa leitura a todos aqueles que precisam se encontrar, viajar até o seu próprio íntimo e resgatar a sua própria essência para continuar seguindo com a vida.






You Might Also Like

22 comentários

  1. Oiiie
    O livro parece realmente incrível. Gosto de livros que trazem uma reflexão ao leitor. Essa capa é maravilhosa 😍

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei tua resenha, compartilho de teus pensamentos!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá,Camila!
    Nossa,não conhecia esse livro!
    Achei super incrível a história e ainda mais o fato que o autor enriqueceu com detalhes e parece que tudo ali foi super bem escrito.
    Espero ter a oportunidade de ler.

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também espero que consiga essa oportunidade pra ler Aline, pois o livro é sensacional, garanto que foi uma leitura extraordinária e me fez pensar muito sobre as minhas atitudes. Foi ótimo poder refletir junto com Willian.

      beijinhos!

      Excluir
  4. Oi Camila.
    Eu fico encantada com livros que parecem simples mas no final das contas são emocionantes ou reflexivos. Fico super ansiosa para ler esse tipo de leitura. Acho que quando um livro nos toca, ele cumpre seu papel. Beijos.
    - www.fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com você Jéssica! Foi exatamente o que senti lendo esse livro.
      Super recomendo.
      beijinhos!

      Excluir
  5. Olá, Camilia. Achei muito interessante a resenha do livro, gosto de livros que nós fazem pensar e repensar nossos atos e atitudes e nos fazem olhar de um modo diferente para as coisas. Parabéns pelo post. Beijos

    Os Papos Femininos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho. Essa é exatamente a pegada do livro, nos levar a uma viagem ao íntimo e fazer uma auto descoberta.

      beijinhos!

      Excluir
  6. Livros que nos emocionam são os melhores :D

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Oii.
    Não conhecia o livro e achei bem interessante sobre o que disse em relação a ele.
    Gostei da resenha!
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Keth!
      Leia é um ótimo ensinamento ♥

      Excluir
  8. O que gostei nesse livro foi que ele é muito humano, pois a situação de Willian com o pai, poderia ser a de qualquer outra pessoa.
    Acho que eu iria me incomodar com a história. Mas acredito ser um livro bom.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, o livro é mesmo muito, muito bom! Vale muito a pena dar uma chance a ele.

      beijinhos!

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Parece um livro bastante comovente e que bom que ele tenha feito você pensar sobre questões que não passavam pela sua cabeça há um tempo. É tão legal quando isso acontece...
    Ainda não conhecia o livro e no momento não sei se leria, acho que preciso pesquisar mais um pouquinho hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquise sim mas já digo que vale super a pena, o livro é muito bom!

      beijinhos!

      Excluir
  10. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas achei tão lindo. É uma história que, com certeza, vai fazer com que nós derramemos algumas lágrimas. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Camila!
    Não conhecia o livro, mas interessante a premissa, fugindo mais da temática romântico e partindo para algo mais íntimo de cada personagem, inclusive a relação entre pai e filho, temo de que gosto muito também, principalmente quando é bem desenvolvido pelo autor, fora as reflexões sobre família em geral e o rumo que estamos seguindo, realmente bem-vindo de se ver em uma leitura nos dias de hoje. Não é bem o meu estilo de leitura no momento, romances acabam sempre me prendendo mais, e vez por outra policial e, claro, fantasia, também, mas valeu a dica, pensarei em dar uma chance à leitura caso tenha oportundiade.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Camila.

    Gostei da sua resenha porque trouxe um livro que não conhecia com uma abordagem bem interessante. Eu gosto de livros que traz mensagens para refletir e acrescenta para o dia a dia. Esse livro tem tudo isso e com certeza vou adicionar na minha lista de desejados. O trecho do filho reconciliando com o pai deve ser um momento de muita emoção e fiquei com vontade de ler.

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro.
    Através de sua resenha, percebi ser uma história comovente, mas por se tratar de um problema de relacionamento com o pai, eu já não leria... Perdi meu pai a algum tempo e histórias assim ainda me deixam abalada.
    Sua resenha está ótima. Muito bom conhecer novos livros. Um dia, quem sabe, eu consiga ler... Rs.
    Parabéns!

    Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir