Senta que lá vem resenha: Livro Meus Dias Com Você

segunda-feira, setembro 25, 2017

Livro: Meus Dias Com Você
Autor: Clare Swatman
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Tema: Romance


Sinopse: Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta?

Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.



Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?

Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.

A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.












Acredito que, se nos fosse dado uma chance de voltar ao passado e mudar algumas atitudes, todos nós a agarraríamos com ardor e faríamos de tudo para mudar, de modo que venha impactar positivamente o nosso presente e o nosso futuro. E foi exatamente isso que Zoe fez. 

Após um dia que não começou bem para Zoe e Ed e que consequentemente também não terminou bem, com a morte dele, Zoe ganha uma segunda chance e revive os momentos mais importantes de seus últimos vinte anos. Decidida a mudar as coisas e ter no futuro Ed ao seu lado, Zoe se empenha em fazer dos momentos em que viveu com ele, os mais inesquecíveis, engolindo o seu orgulho e a mágoa que ficou por não conseguir atingir os objetivos do casal. 

"Desta vez, vai ser difícil -- quase impossível -- eu me comportar como se não o conhecesse. Eu o amei e odiei intensamente; eu o abracei, eu o confortei e briguei com ele, eu o perdi e chorei por ele. Com tudo isso na cabeça, como poderei enfrentar a situação? Não faço a menor ideia."

A cada capítulo é uma surpresa diferente, pois é um dia diferente que ela está revivendo e isso trás tanto à personagem como ao leitor, a esperança de que ela consiga obter êxito em sua missão. Zoe não só tenta consertar as coisas com o marido, mas, em determinados dias, também, com a mãe, a irmã e a melhor amiga Jane, que em um período obscuro de sua vida, ela acaba afastando todos que ama ao invés de dividir o sofrimento.

A medida que a história avança vamos conhecendo melhor Ed e Zoe e também os familiares, revivemos momentos importantes com a personagem, nos emocionamos e rimos também. Fiquei muito tocada com as atitudes de Zoe em dar o seu melhor.

"Será que terei a chance de descobrir onde as coisas deram errado e fazer algo para impedir agora -- dizer a ele que ainda o amo, que ele é tudo o que eu desejo na vida e quero parar de tentar engravidar e voltar a ser apenas sua esposa?"

O livro nos mostra que o amor verdadeiro é capaz de tudo, que infelizmente passamos a dar valor a pequenas coisas somente após passar por uma grande perda, que foi o caso de nossa protagonista e, quando a vida lhe dá essa segunda chance, ela faz de tudo para tornar o seu relacionamento com o homem que ama, o mais maravilho e tranquilo possível.

É impossível não se emocionar com uma história assim e não se apegar aos personagens. Eu me vi torcendo o livro inteiro para que ela conseguisse mudar os fatos e o que eu mais gostei da obra é que eu pensei que seria um final clichê e que na verdade não foi. Fui surpreendida e me apaixonei por essa linda história de amor.



"Ed me abraça com força e eu enterro o rosto em seu peito, escorregando as mãos ao redor de sua cintura sob o casaco. Ele descansa o queixo levemente em minha cabeça e, apesar do frio, eu me sinto aquecida, amada. Quero ficar assim para sempre."

A escrita da autora é super leve e envolvente, de modo que em dois dias devorei mais de 200 páginas e quando fui dormir fiquei pensando no que aconteceria a seguir. Me dividi em dar atenção ao marido e a torcer por Zoe. Os capítulos narram os acontecimentos do dia em que ela está revivendo e os cenários são muito reais, dando nomes de ruas e cidades.

Eu costumo dizer que sou uma pessoa impressionada (digo, que se impressiona fácil com as coisas ao meu redor) e acompanhando todo o esforço de Zoe, não consegui parar de abraçar o meu marido nesses dias em que realizei a leitura e dizer o quanto eu o amo. Podem me julgar, mas sou uma romântica incurável e como toda pessoa que ama, já passou pela minha mente como seria se eu o perdesse e foi exatamente por isso que não só consegui entender a personagem, mas me vi no lugar dela, querendo mudar muita coisa.

"Não posso deixar de alimentar a esperança de que, de alguma forma, isso signifique que tudo mudou."

A capa está linda como sempre e a diagramação perfeita, digna de um trabalho da Editora Arqueiro mesmo, sempre caprichando para acalentar os corações de seus leitores.

Eu não poderia ficar mais feliz em tirar ensinamentos importantes desse livro, tais como: Não devemos dar valor somente depois que a pessoa se vai e isso não se aplica somente à relação conjugal e sim familiar no geral. Se você ama alguém, não fica esperando ele/ela dizer primeiro que te ama, diga sem ter medo, porque nós nunca sabemos o dia de amanhã, não sabemos se essa oportunidade que estamos vivendo no hoje, no agora, será a nossa última chance, então para que ficar perdendo tempo com amenidades não é mesmo? A vida é curta demais para isso! Imagina se a pessoa que você ama morre sem você ter tido a chance de dizer o quanto a amava? É muito triste isso, por essa questão acho que não devemos deixar o tempo passar e dizer tudo o que acreditamos que deve ser dito! 

"E, ao mesmo tempo que minha cabeça me diz que vai ser igual, meu coração me diz outra coisa: que talvez, apenas talvez, eu tenha feito uma diferença."

Por fim recomento a obra a todos os amantes de romances, pois com certeza esse livro vai tocar o coração de muita gente que se sensibilizar e deixar seus sentimentos falarem mais alto do que o orgulho bobo.







You Might Also Like

28 comentários

  1. Oi, amiga.

    Que resenha mais linda!
    Já disse milhares de vezes como quero ler esse livro, não é? Agora a minha vontade triplicou! Acho que sempre passa em nossa cabeça "se eu tivesse uma nova chance..." e a vontade de mudar algumas coisas para que fossem diferentes. Zoe parece uma personagem forte e determinada. Acho que me identificaria muito bom esse livro!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Já li algumas resenhas desse livro. A temática dele me chama atenção, porque gosto dessa coisa de segunda chance. Eu sou uma pessoa que dá chance demais às pessoas, até, mas eu não quero mudar isso, porque eu acredito nos outros, acho que temos que lembrar mais que os outros também erram e tudo bem. Tenho certeza de que me emocionaria em ler essa obra, porque pensar na morte de pessoas que amamos é sempre bem doloroso, a gente finge ignorar a morte o tempo todo, né.
    Com certeza leria esse livro, porque me passa uma emoção bem forte. Apesar de eu não me relacionar muito bem com narrativas de casamento, fiquei com vontade de conhecer as personagens, parecem bastante bem desenvolvidas.
    Suas fotos ficaram lindas!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila que resenha ótima linda, realmente se pararmos para pensar algo a última coisa que fizemos a alguém, uma palavra feia, uma alteração de voz, tudo é possível se arrepender e não voltar atrás, amei sua resenha e quero ler mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Finalizei recentemente essa leitura e amei o livro.
    Interessante que fica mesmo esse questionamento de que devemos sempre deixar as pessoas que amamos de forma tranquila e bem, pois nunca sabemos quando será a última vez que a veremos.
    Gostei muito das suas impressões, pois foram bem parecidas com as minhas.
    Linda a foto também <3
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem??

    Lendo a sinopse tive a sensação de estar lendo um resumo de Peggy Sue. Acho que todos os filmes e livros que tratam de segunda chance, volta no tempo, passam essa sensação.

    Interessante essa história, sua resenha foi delicada e informativa, vou colocar na minha lista de futuras leituras.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Quantas vezes não somos mergulhados nesse sentimento de guardar tudo pra gente e acabar piorando as coisas, né? Senti muita empatia pela personagem e me deu vontade de conhecer cada um desses personagens. É tão bom ler histórias envolventes e se apegar aos personagens assim, fiquei muito curiosa. Traz temas bastante importantes, quero muito fazer a leitura!

    Beijos <3

    ResponderExcluir
  7. Eu acho a capa desse livro muito bonita e a história me parece ser linda e completamente emocionante. Eu adorei a sua resenha e poder conhecer um pouco mais sobre a obra, tenho certeza que vou me encantar quando eu for ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila, você é uma das poucas pessoas que vi que gostou do livro. Eu acho a premissa dele bastante interessante, principalmente, pela forma como o livro parece fazer o leitor pensar.
    Fiquei intrigada para sabero que acontece e quais ensinamentos eu vou ter dessa obra.
    Sua resenha e quites estão incríveis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Camila,
    Lembro que a primeira vez que vi o livro me apaixonei pela capa, depois procurei saber mais sobre a história e a maioria dos comentários foram negativos, acabei desanimando da compra e nem coloquei na lista de leitura.
    Mas agora depois de ler sua opinião me deu novamente uma pontinha de curiosidade e acredito que vou dar uma chance sim.
    O seu comentário e o segundo positivo que vejo.

    ResponderExcluir
  10. Heiii, tudo bem?
    Acho muito linda essa capa e o kit da Arqueiro para os parceiros foi sensacional.
    Mas confesso que não me atrai esse tipo de romance dramático, eu não consigo me conectar aos personagens.
    Que bom q vc gostou e que recomenda, quem sabe no futuro eu tente ler.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. A capa do livro é linda demais. Qnd vi esse lançamento não deu MT por ele, parece ser realmente encantador pela sua resenha. Espero poder lê-lo um dia 💕

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  12. Olá, esse livro é muito emocionante eu quero muito ler ele. E eu acho que esse livro vai me fazer chorar litros, amei a resenha

    ResponderExcluir
  13. Oi Camila. Tudo bem?
    Eu quero ler esse livro e parece ser muito emocionante. Gosto de histórias trabalhadas no emocional e com certeza essa parece ser uma delas. Espero ter a oportunidade de ler ele um dia.
    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  14. Ei, Cami! Tudo bem?

    Menina, sabia que eu não gostei desse livro? Haha Eu estava muito empolgada pela obra, mas quando li, foi uma decepção só. O livro, pra mim, não foi de todo ruim, mas tiveram algumas partes que me incomodaram. O meu maior problema foi que eu não fiquei empolgada com a história, quanto mais eu lia, menos vontade de continuar eu tinha. Entretanto, fico muito feliz em saber que você amou a leitura!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senti a mesma coisa que você amiga. Uma decepção sem fim.

      Literatura Estrangeira

      Excluir
  15. Esse mês eu li 2 histórias assim, que me colocaram pra dormir e acordar pensando! É ótimo é?
    Eu já estava afim de ler esse livro e sua resenha me deixou mais encantada, sei que vou torcer e me encantar pela zoe tb!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Nossa que trágico o que aconteceu com a personagem. P
    Parece ser um livro de fortes emoções só pelo fato dela reviver seu passado. Quero ler esse livro sim, obrigada pela dica bjus e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cami! Saudades de vir aqui.
    A história parece bem desenvolvida e emocionante. Imagino o sofrimento da Nina e que bom que ela soube aproveitar bem a segunda chance que lhe foi concedida. Amo livros dos quais tiramos aprendizagens, histórias assim nos marcam e continuam por muito tempo com a gente. Os personagens me pareceram tão reais e bem desenvolvidos.
    Enfim, que saibamos viver com sabedoria e aproveitemos todas as oportunidades que nos forem apresentadas.
    Amei sua resenha e suas fotos ❤
    Beijoooos

    ResponderExcluir
  18. Deus eu não posso ter mais livrooos. Se eu ler esse livro vou ficar igual você com seu marido. Ler coisas assim me faz realmente saber se vale a pena uma discussão boba. Assim que tem qualquer muidim eu ja fico paranóica achando que ele vai morrer e tals . misericórdia.
    Tem razão de ter devorado, a história deve ser deliciosa de ler. Parabéns.

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Sou encantada pela capa desse livro e pela sinopse e estou somente esperando uma boa promoção pra poder adquirir o meu exemplar. Adoro romances, ainda mais quando nos mostram verdades óbvias sobre a vida que nos fazem ver o que realmente vale a pena, como parece ser o caso.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  20. Ei Cami, que bom que gostou muito do livro.
    Já pra mim foi uma decepção.
    Achei que eles eram cheios de opiniões contrárias para ter um relacionamento verdadeiro e duradouro. Essa coisa de opostos se atraem não funciona na vida real e fiquei muito incomodada com o relacionamento deles.
    Eu achei que a história se repetiu demais e terminei com o sentimento de UFFA, até que enfim terminou.
    Odeio finalizar um livro com esse sentimento de tempo perdido, mas acontece.

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  21. Oiii, que capa maravilhosa. Adorei a proposta, imagina poder ter uma segunda chance de refazer tudo o que julgou ser errado? Adoro esse choque de realidade sabe, espero poder lê-lo em breve.
    Adorei sua resenha e as fotos! Mil beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oie
    Achei a capa muito linda, sinceramente amei hahah adorei conhecer um pouco desse livro. Sua resenha me despertou uma vontade enorme em querer ler ele. Resenha muito linda
    Abraço
    Blog Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bom? Eu amei a premissa do livro, me deixou até arrepiada.
    O livro parece passar uma mensagem linda e fazer nós refletirmos.

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  24. Olá! Que resenha linda! Eu fiquei emocionada aqui só de ler ela :') Eu não tinha lido a sinopse desse livro ainda, e me surpreendi bastante com ela. Daqueles livros essenciais, que todo mundo deveria ler para valorizar um pouquinho mais quem está à nossa volta. Amei as suas fotos, um amor! <3 //Abdução Literária

    ResponderExcluir
  25. Oi, Tudo bom?
    Ai que lindo, estou apaixonada por essa narrativa, a capa é linda, até o título é rs...
    Amei a resenha bem detalhista, as fotos ficaram ótimas também, parabéns.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  26. Oie!

    Eu adoro a capa dessa obra, mas infelizmente a proposta dela não desperta meu interesse, já li muitas resenhas positivas sobre a história e a escrita da autora, mas ainda falta algo que me faça querer realizar a leitura! Mas fico feliz que tenha gostado!

    Bjss

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem?
    Faz algum tempo que deixei de ler livros do tipo porque não estava fazendo bem para a minha parte emocional neste momento da minha vida.
    Já até fiquei com o coração apertado só de ler a resenha, mas vou deixar adicionado aqui na listinha.
    Quem sabe um dia eu me sinto preparada para deixar livros com histórias como essas entrar na minha vida de novo.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir