Senta que lá vem resenha: Livro O Som do Amor

quarta-feira, outubro 11, 2017

Livro: O Som do Amor
Autora: Jojo Moyes
Páginas: 304
Editora: Intrínseca
Tema: Romance


Sinopse: Matt e Laura McCarthy são obcecados pela ideia de herdar a Casa Espanhola — uma construção malcuidada e quase em ruínas no condado de Norfolk, interior da Inglaterra, que tem um valor simbólico para os moradores locais. Para atingir esse objetivo, Laura, a mando do marido, faz todas as vontades do velho Sr. Pottisworth, o proprietário. Entretanto, como o homem nunca deixou nada por escrito, quem acaba por herdar a casa é uma parente distante, Isabel Delancey. Primeiro violino na Orquestra Sinfônica Municipal, em Londres, Isabel tinha uma vida tranquila com seus dois filhos e o marido, mas tudo virou de cabeça para baixo quando ele morreu em um acidente de carro e deixou uma grande dívida. Sua única oportunidade de recomeço é fincar moradia na Casa Espanhola — algo que o casal McCarthy vai tentar impedir a qualquer custo. 
O som do amor é um romance sobre obsessão, manipulação, segredos e paixões. Por meio de personagens carismáticos e capazes de tudo para realizar seus objetivos, Jojo Moyes mantém seu estilo inconfundível em uma brilhante história de recomeços.






O velho Sr. Pottisworth é uma figura memorável, sabe que Matt e Laura McCarthy estão só aguardando sua morte para se apossar da Casa Espanhola e com isso, finge que está doente e caduco afim de receber as falsas paparicações do casal, que não esperava que, com a morte do velho (calma gente, não é spoiler, está na sinopse, continue lendo por favor) estariam longe de herdar o casarão, pois ele a deixa de herança para uma parente distante.

Isabel após perder o marido, se vê obrigada a largar sua posição de primeiro violino na Orquestra Municipal e assumir as rédeas da casa que, passados alguns meses, descobre que terá que se desfazer também da sua vida em Londres e é nesse momento que se depara com uma casa no campo deixada como herança para si e então pega seus filhos, Kitty e Thierry e se mudam para lá. 

"Eram esses os momentos que faziam tudo valer a pena, que lhe davam a impressão de que ela o recuperara. Que tudo no passado havia sido uma distorção."

Sabe aquela expressão que as pessoas usam: "Fulano vive no mundo da lua"? Então ela se encaixa perfeitamente para Isabel Delancey, que, ao invés de usarmos o termo original, pode ser facilmente substituído por: "no mundo da música".

Para começar, tenho que dizer que essa história é totalmente diferente dos livros amorzinhos já publicados da autora. Não tem nada e romance, pelo contrário, o livro fala claramente sobre a ganância, cobiça, traição e vingança, de modo que o romance em si fica para último plano. Talvez seja por isso o meu susto inicial. 

"Ele a amava se ela dormia em cima do café da manhã porque tinha passado a noite em claro tentando aperfeiçoar os compassos finais de alguma sonata. Ele a amava mesmo quando, mais uma vez, a refeição que ela preparara ficava esturricada e sem gosto. Ele a amava quando passeavam de braços dados em Primrose Hill e ela tentava cantar para ele suas peças musicais favoritas, substituindo o baixo e a tuba por movimentos desfreados dos braços. Ele a amava."

Como Isabel sempre foi mais focada em sua música do que na família e o que o próprio marido fazia, se viu totalmente as cegas com a reforma que Matt se propõe a fazer e não percebeu o superfaturamento de que lhe era imposto.

Basicamente o livro gira em torno do velho casarão e do que pessoas ambiciosas são capazes de fazer para alcançar seus objetivos. 

Os capítulos são variados de médio a longo e é como se estivéssemos em uma montanha-russa, a história vai crescendo, crescendo, subindo, subindo, para depois descer num baque só, dando uma rasteira no leitor. Conheci um lado totalmente ousado da autora da qual gostei muito. Jojo mais uma vez se mostrou uma ótima contadora de histórias onde encontramos personagens muito reais que podem ser facilmente comparados com pessoas que conhecemos. 

"Por que você não conseguiu ser grato por estar comigo?, perguntou ela a Matt em silêncio. Por que eu não bastei para você?"

Um dos personagens na qual foi notório o crescimento é Byron Firth. Achei que o cara seria uma ameba o livro todo, mas fui surpreendida quando ela o desenvolveu. Gostei muito das proporções até onde ele chegar. Já Isabel foi um misto de amor e ódio.

Apesar do romance em si ser quase nulo, o livro tem muita consistência e quase não tive problemas com a escrita. Encontrei pouquíssimos erros e a capa está sensacional, de modo que todo o projeto gráfico faz jus a história.

Recomendo a obra para aqueles que gostam de se surpreender com outros lados do autor e que apreciam histórias sem muito mimimi.





You Might Also Like

16 comentários

  1. Oiiii

    Eu amo Jojo, mas esse livro não me encantou. Eu não consegui gostar de nenhum personagem, nem mesmo Isabel.. Consegui sentir o drama e a dificuldade em que ela se via na vida, mas nada me fez apaixonar pela história. Eu até gostei do drama inicial, da opção que ela teria que fazer na vida, mas depois que ela se mudou para o casarão, achei que a história ficou um pouco chata. Uma pena.. Senti bem o que vc descreveu, uma montanha russa de sentimentos durante a leitura. Mas é isso aí, nem sempre gostamos de tudo que um autor escreve, né? E eu ainda amo a Jojo e faço questão de ler outros livros dela, que irão vir por aí!

    Beijossss
    Jo - www.curtaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii Camila. Fico feliz por você ter gostado desse livro porque eu mesma não consegui. Gostei de pouquíssimas partes e pouquíssimos pedaços do enredo. Apesar de ser um livro curto, demorei uma vida para terminar porque a história simplesmente não fluía. Mas gostei da nossa "leitura coletiva" e espero que eu, você e a Edi leiamos mais assim.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro na estante em lista de espera, só ainda não peguei nele porque já li criticas tão negativas!

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  4. This looks like a great book, will have to check this out. Thanks for the share, keep up the posts.
    Scarlett

    ResponderExcluir
  5. Esse é um livro que quero muito ler! Esse tal final aí já me foi muito elogiado! hahaha
    Dá pra sentir que é uma história que emociona e claro, sou fã de JOjo!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Que fotos maravilhosas, amei esses quotes, já li uma resenha sobre esse livro e me apaixonei de cara por ele, a sua só me deixou com mais vontade ainda de lê-lo.Já está na minha lista há muito tempo, bjocas e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cami!

    Adorei as fotos e os trechos destacados, a Jojo Moyes sempre me conquista e quero ler outros livros dela - ainda não li esse - mas as capas e enredos sempre nos trazem personagens carismáticos e histórias de recomeço, que nos trazem lições. Aprendi muito em 'Como eu era antes de você' e acredito que esse estilo dela é bastante único, acho que esse é mais um daqueles livros que amaria. Parabéns pela resenha!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  8. Ei! Tudo bem?

    Pode me julgar se quiser, Cami, mas eu não sou muito fã da Jojo! Não acho que isso seja um crime, até porque eu daria super uma chance para "O Som do Amor", principalmente pelo romance em si ficar em último plano, pelo o que você disse. Acho que ela tem uma escrita maravilhosa e é super fluída, mas preciso mais do que um romance para me apaixonar por um autor e, espero me apaixonar por este livro. Outra coisa que me agrada bastante, é a questão musical, adoro livro que a personagem tem alguma envolvimento com esse mundo, me encanta bastante. Espero ler e me apaixonar!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha! Amo quando os autores que estamos acostumados a reconhecê-los num gênero nos dão uma rasteira e nos surpreendem. Nunca li nada da autora ainda, mais pretendo começar por esse, por ter reviravoltas no enredo e ser regado a música, ainda mais por ter violinos.
    Amei a fotos e a postagem!!
    Bejinhos <3

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Amei a resenha. Principalmente porque quero ler esse livro e a vontade aumentou hahah
    Sua resenha está linda, assim como as fotos.
    Abaço

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom? Sou louca para ler algo da autora e toda vez que vejo algo sobre ela minha vontade aumenta.
    Adorei a sua resenha e sua foto está linda.

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    A Jojo é uma das minhas autoras favoritas e eu estou muito ansiosa para ler esse livro. Digo que quando o comprei jurava ser mais um romance apaixonante. Ansiosa para conhecer essa nova faceta da autora.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Sua resenha está maravilhosa, e adorei a forma como descreveu o livro como uma montanha russa. Ainda não li esse livro da Jojo, mas adicionei na minha lista. Parabéns!
    http://blogviagensliterarias.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  14. Olá, eu não tenho vontade de ler os livros dessa autora, mas depois da sua resenha fiquei com uma leve vontade de ler esse livro

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem ?

    Já tinha escutado falar muito bem desde livro e apesar da curiosidade ainda não havia parado para ler sobre ele e está foi uma ótima oportunidade e grata surpresa. A capa está linda e delicada, a sinopse bastante atrativa e poder conhecer o ponto de vista de outra leitora sempre ajuda na hora da compra.

    ResponderExcluir
  16. Oi, primeiramente, que foto linda! Eu amo a JOJO, mesmo ela destruindo meu coração, e fiquei muito interessada por esse livro. Amei seu post, beijinhos.

    ResponderExcluir